Scroll Top

Quer Receber Nossas Dicas e Novidades Agora?

          Deixe Seu E-mail e Fique Por Dentro Do Nosso Site!

Saúde e Doença

Como perder a barriga pós-parto?

Depois da gestação é comum o corpo ficar mais flácido, inclusive a região abdominal.
Portanto, diante desta realidade, muitas mulheres se desesperam quanto à demora em recuperar a boa forma de antes.

Entretanto, algumas maneiras são interessantes para que você conquiste a barriga que tinha antes do parto.

O que pode te ajudar nesta empreitada?

A postura pode ficar comprometida por conta da posição da coluna durante a gestação e também por causa da amamentação. Por isso, é importante manter uma postura ereta a fim de acostumar o abdômen a contrair os músculos, diminuindo a saliência na barriga.

Outra medida prática é a locomoção.
Entendo que algumas mulheres, talvez pelo modo como o parto foi feito, não conseguem andar por alguns dias após o nascimento do bebê. Entretanto, a partir do momento em que conseguir se locomover, realize uma caminhada, de preferência por no mínimo 30 minutos e todos os dias. Ainda, caminhe após as refeições.barriga
Este processo vai acelerar o seu metabolismo, ajudando na perda de peso.

Se você quiser diminuir a retenção de líquidos ou quem sabe o inchaço, saiba que a alimentação é ponto chave nesta conquista.

Por exemplo, recorra a uma alimentação à base de frutas e fibras, pois são as fibras que auxiliam na digestão e assim, fica quase impossível que a comida estacione no abdômen, pois o organismo trabalha em prol de um bom funcionamento de órgãos vitais.

Da mesma maneira que precisa consumir alimentos em prol de um bom desempenho do intestino, também é importante que se afaste daqueles que te dão a impressão de efeito estufa, tais como: feijão, maçã, bebidas gaseificadas e produtos industrializados.

Amamentar também pode ser importante caso queira perder a barriga adquirida durante a gravidez. Quando você dá de mamar ao bebê, o seu corpo queima calorias ao produzir o leite. Portanto, quando mais você amamentar, mais chances têm de emagrecer, além é claro, de fazer bem ao seu filho.

Ainda, use uma cinta modeladora, pois ela ajuda na reorganização dos órgãos, comprime a barriga e afina a cintura. Mas tome cuidado para que não interfira na sua respiração.

Posso incluir algum líquido, além da água, na minha dieta pós-parto?

É claro que a água é sempre bem-vinda em uma dieta, pois além de hidratar, acelera o metabolismo, o que ajuda na perda de peso.

Entretanto, se quiser incluir alguns outros líquidos com sabor na sua alimentação, beba chá, inclusive o chá verde e erva doce; estes auxiliam para que não haja inchaço no abdômen. E o melhor, não irá prejudicar o bebê.
Tome bastante cuidado com sucos, mesmo os que sejam somente à base de frutas. Saiba que o excesso de frutose pode comprometer o funcionamento pró-ativo do organismo, atrapalhando assim o projeto de perder gordura no abdômen.

Contudo, talvez seja difícil para algumas mulheres seguir este processo à risca, por conta das necessidades integrais do recém-nascido. Quando a situação estiver assim, não desanime por achar que jamais vai recuperar a boa forma. Devemos viver cada etapa da vida intensamente, ainda mais aquela que visa dar todos os cuidados necessários ao nosso filho.

Portanto, siga as dicas acima, sempre que puder, sem a cobrança ineficaz de emagrecer rapidamente. Não deixe de amamentar e nem de passear com o seu bebê sempre que possívelo que já ajuda a incluir a caminhada na sua rotina.

Aproveite este presente que lhe foi dado. Quando você se comprometeu a engravidar, sabia dos contras desta decisão.
E tenha sempre na mente e no coração, que o amor de uma criança, em especial de um filho, substitui qualquer gana de voltar à boa forma a todo custo.

Comentários

Gostou do nosso artigo?

Gostou do nosso artigo?

Cadastre Seu E-mail Para Receber Nossas Dicas e Novidades!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.