Scroll Top

Quer Receber Nossas Dicas e Novidades Agora?

          Deixe Seu E-mail e Fique Por Dentro Do Nosso Site!

Nutrição e Dieta

Sacarose: tudo o que você precisa saber sobre este mal

 

Já é conhecido de todos os males que o excesso de açúcar pode nos causar.

Mas é inteligente da nossa parte buscar mais detalhes que nos ensinem as peculiaridades deste item, que pode ditar as regras à nossa saúde.

Muitas são as dúvidas diante deste tema. Há os que se perguntam corriqueiramente se o açúcar pode adoçar os sucos, chás, cafés e os outros alimentos que consumimos diariamente.

Existe ainda a questão universal: “Será que o açúcar é mais recomendado para uso ao invés do adoçante”?

Não se preocupe mais com as dúvidas citadas acima e muitas outras podem martelar na sua mente. Compreenderemos melhor agora, qual é a função desta substância no nosso corpo.

Prontos?

Como a sacarose chega até nós?

De maneira sucinta, a sacarose nada mais é do que açúcar comum, aquele branco que usamos como adoçante.

Antigamente os povos não usavam o açúcar com elemento necessário para adoçar os alimentos. Ao contrário, outros métodos naturais o substituíam: amêndoas, castanhas, nozes e pistache, maçãs, figos, uvas, cevada, trigo, centeio e painço, pepinos, melões, e o famoso mel.

Se as pessoas no passado não precisavam do açúcar como itemimprescindível para a vida muitos hoje questionam se ele é necessário para uso, pois é entendido que o açúcar concentrado ou refinado, por conta do processo histórico, é desnecessário como alimento.

O açúcar refinado é resultado da extração da sacarose purificada e anidra que vem do caldo de cana. O grande ônus deste processo que no início é natural, são os aditivos químicos e sintéticos introduzidos, tais como: clarificantes, antiumectantes e agentes de moagem.

Estes aditivos químicos, se consumidos diariamente, tornam-se danosos à saúde e na maioria das vezes, cancerígenos.

É relevante ressaltar que do açúcar refinado são retirados fibras, proteínas, sais mineiras e vitaminas. O produto final é a sacarose concentrada a mais de 90%, alimento vazio de nutrientes.

Ao contrário dos que muito pensam, o nosso corpo não precisa de açúcar, ele necessita de glicose, pois esta substância gera energia de crescimento, regeneração, movimento, pensamento e manutenção.

Os perigos do excesso de açúcar

Muitos acreditam que açúcar é sinônimo de energia. Mas este pensamento é um grande engano. O consumo excessivo da sacarose pode resultar em malefícios para o nosso corpo:

•Estresse
•Envelhecimento precoce
•Depressão do sistema imunológico
•Problema digestivos

Os perigos citados acima, e obviamente, muitos outros que são responsáveis por estes danos, provam que o açúcar é um verdadeiro veneno ao nosso organismo, pois assim como o vício das drogas, ele ataca lentamente, proporcionando aos seus adeptos problemas que só serão percebidos no futuro, quando nada mais pode ser feito.

sacarose

Como nos alimentar então?

Diante de todas as evidências, cabe nos perguntar qual substância pode ser usada em substituição à sacarose.

A resposta para esta questão é simples e alcançável.

Podemos usar os carboidratos e energéticos tão justificados pelos consumidores da sacarose como fonte de energia, nos alimentado como os povos do passado. Conseguimos encontrar estas substâncias tão essenciais em alimentos naturais, tais como: frutas, legumes, verduras, cereais e farinhas.

A chave é a adaptação

Não podemos negar as delícias que podem ser degustadas com o uso do açúcar convencional. Contudo, é relevante entender que ter moderação é a chave do sucesso.

Nós não necessitamos de sacarose, o açúcar refinado, para preencher as necessidades que do organismo.

Conseguimos conquistar os níveis importantes de glicose com uma dieta balanceada e que visa o consumo de alimentos benéficos e naturais.

E jamais subestime o fato de que o açúcar vicia e usá-lo gera uma constância que torna difícil o seu desapego.
Portanto, comece agora uma reeducação alimentar que dê prioridade à elementos benéficos e geram energia de um modo natural.

Fuja da sacarose. O sabor é enganoso, e as consequências desastrosas.

 

Comentários

Gostou do nosso artigo?

Gostou do nosso artigo?

Cadastre Seu E-mail Para Receber Nossas Dicas e Novidades!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.